CMS E CERVAS: AÇÃO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SESSÃO DE ESCLARECIMENTO

No passado dia 15 de junho, no âmbito do protocolo assinado entre a Câmara Municipal do Sabugal e o Centro de Ecologia e Recuperação de Animais Selvagens (CERVAS) decorreu, pela manhã, uma ação de educação ambiental no Centro Infantil de Riba Côa com o tema a incidir sobre ‘As aves do Sabugal’ e, pela tarde, uma sessão de esclarecimento sobre turismo ornitológico no concelho do Sabugal, dirigida às empresas de alojamento e de animação turística do concelho.

No Centro infantil de Riba Côa, a ação de educação ambiental teve como principal objetivo informar sobre as espécies de aves do concelho e sublinhar a importância da preservação e conservação dos seus habitats, tendo a ação culminado com a devolução à natureza de uma Coruja das Torres (tyto alba), batizada com o nome Max, que havia sido recuperada no CERVAS após ter sido atropelada. Este tratou-se de um momento importante de sensibilização, não só pelo caráter educativo, mas também pelo simbolismo associado ao momento, capaz de arrebatar sorrisos e aplausos a miúdos e graúdos. (mais…)

Da parte da tarde foi promovida uma sessão de esclarecimento sobre o turismo ornitológico no concelho do Sabugal. Esta sessão foi direcionada às empresas de alojamento e animação turística e conduzida pelo coordenador do CERVAS, Ricardo Brandão. Ao longo da sessão foi feita uma breve abordagem ao conceito e características do birdwatching e ao potencial da exploração deste produto turístico no concelho do Sabugal. Neste sentido, foi feita uma análise às principais espécies de aves do concelho, locais de observação e locais onde pode ser consultada informação relacionada com o tema. Paralelamente, foi também apresentado o plano de ação do projeto. Neste contexto, veiculou-se a informação de que inicialmente o foco estará na monitorização e levantamento de espécies e principais locais para observação no concelho e, posteriormente, irão ser organizadas várias ações relacionadas com o tema, desde as saídas organizadas para prática de birdwatching ou atividades associadas, como é caso da anilhagem cientifica ou ilustração de aves. Atividades estas, que pretendem criar consciência, na comunidade e nos possíveis visitantes, para a potencialidade da prática desta modalidade no nosso concelho. Posteriormente, serão definidas rotas e disponibilizada a informação, que permita a interpretação das espécies e seus habitats, para a prática de turismo ornitológico no concelho do Sabugal.

No final da sessão houve ainda tempo para, em 10 minutos, ser apresentada a Rede Côa Selvagem da Rewilding Portugal. Esta é uma rede que está a ser implementada na área de ação da Rewilding Portugal e que pretende agregar os empresários do setor turístico. A apresentação foi feita pelo técnico de empreendedorismo da Rewilding Daniel Veríssimo. Podem ficar a saber mais sobre este assunto aqui.

Dotado de um extraordinário património natural, o concelho do Sabugal dispõe de excecionais condições para a prática de atividades ligadas à natureza e, sendo verdade que não poderemos competir com alguns locais tradicionalmente fortes para a prática da modalidade de birdwatching, poderemos, ainda assim, estimular esta atividade como complemento a outras atividades de comunhão com a natureza, trabalhando e enriquecendo a oferta para, desta forma, podermos criar um produto atrativo que permita aumentar a estadia dos visitantes e, simultaneamente, diminuir a sazonalidade associada ao setor do turismo.