“SENTIR AS CORES VIBRANTES EM TERRAS QUE ENCANTAM”

Pintura de José Guilherme

24 de fevereiro a 26 de março

“Sentir as cores vibrantes em terras que encantam” é o nome da exposição que José Guilherme, pintor e aguarelista de feição naturalista, nos apresenta a partir de 24 de fevereiro na sala de exposições temporárias do Museu do Sabugal. (mais…)

José Guilherme debruça-se, nesta exposição, sobre um território, o concelho do Sabugal, que o acolhe e surpreende desde 2002, data em que participou na primeira edição do “Pintar Sabugal”. Transpor a beleza destas paisagens, destas terras e destas gentes para as suas telas é um trabalho meritório que muito nos enaltece, pelo que esta será uma oportunidade imperdível para que desfrutem da arte pela arte… porque entendemos, tal como o artista, que “a pintura é exatamente para se sentir sem que seja necessário prévios esclarecimentos e exaustivas explicações”.

José Guilherme é natural de Vendas Novas, nasceu a 26 de agosto de 1952. Desde muito jovem que se sentiu atraído para o desenho e pintura, mas foi só na década de 70 que apresentou em público os primeiros óleos e aguarelas. Em 1983 deu início a diversas exposições, quer individuais quer coletivas em organismos oficiais e particulares. Encontra-se representado em várias Câmaras Municipais em Portugal, nomeadamente em Arcos de Valdevez, Cadaval, Arruda dos Vinhos, Mértola, Lourinhã, Vouzela, Vendas Novas, Alcochete, Alcácer do Sal, Ferreira do Alentejo, Torrão, Tavira, Junta de Freguesia de Cachoeiras, Forte-da Casa, Atouguia da Baleia, Peniche, Sabugal e em coleções particulares em Portugal, Holanda, Espanha, Inglaterra, França e Canadá. Participou em todas as pinturas ao vivo realizadas pela Câmara Municipal do Sabugal e ADES – Associação Empresarial do Sabugal desde 2002 até 2016.

É sócio fundador do GART – Grupo de Artistas e Amigos da Arte de Vila Franca de Xira. É atualmente professor de pintura na Academia de Cultura de Vila Franca de Xira.

Flyer