AÇÃO DE CAPACITAÇÃO NA ÁREA DO TURISMO

Realizou-se no dia 9 de maio, no Centro Cívico Nascente do Côa, nos Fóios, uma ação de capacitação na área do turismo, desta vez dedicada à temática do património geológico, uma organização do Município do Sabugal, no âmbito da unidade de missão ‘Sabugal + Atrativo’.

A segunda ação de ‘Conhecer para melhor mostrar’ foi dirigida aos técnicos de turismo municipais, agentes turísticos e a todos os interessados que desenvolvem atividades na área do turismo, com a pretensão que os participantes ficassem dotados de conhecimentos técnicos para aplicar em projetos que tenham por base o geoturismo, ou seja, o aproveitamento do património natural e mais especificamente do património geológico como um produto turístico gerador de interesse para visitantes e turistas.

(mais…)

Na apresentação, Vítor Clamote, geógrafo na Câmara Municipal do Sabugal, começou por fazer um enquadramento dos conceitos ligados a esta nova vertente do turismo, o geoturismo, assim como da sua evolução ao longo das últimas décadas, com ênfase na criação dos geoparques no território nacional. Incidiu-se também na geodiversidade existente no concelho sabugalense e se esta pode funcionar como (mais) um elemento com potencial para ser aproveitado como recurso de apoio ao desenvolvimento local na área do turismo. Dos recursos naturais ao nosso dispor foram destacados sobretudo as paisagens, a morfologia, a litologia, os minerais, a interação entre geologia e cultura, entre outros, existentes no nosso concelho. Foi ainda sublinhada a importância da criação de uma rede de geossítios no território, pelo elevado valor científico, educativo e turístico que possuem, mas também pelo valor estético e cultural que representam.

A segunda parte da ação consistiu na organização de grupos de trabalho com o objetivo de, a partir dos conhecimentos e exemplos transmitidos durante a apresentação, criar um produto turístico baseado no património geológico concelhio.

O desenvolvimento desta estratégia, sustentada pelos recursos geológicos do concelho, propunha a criação de um produto turístico atrativo e credível que fosse gerador de interesse para os potenciais turistas e visitantes. Seguiu-se a apresentação das propostas originadas nos grupos de trabalho e sua discussão e viabilidade para serem implementadas futuramente no nosso território.

No final, a Junta de Freguesia dos Fóios presenteou os participantes com um almoço convívio, que serviu, ao mesmo tempo, para se fazer o balanço da ação, podendo afirmar-se que esta foi bastante frutífera e positiva, concluindo-se que o geoturismo pode constituir a médio prazo uma das vertentes mais procuradas de turismo.